banner imprensa

NO MÊS DE ABRIL A BIBLIOTECA ROCAMBOLE COMEMORA DATAS IMPORTANTES REFERENTES AO MUNDO DA LEITURA

A programação de abril da Biblioteca Rocambole (Museu Imperial/Ibram) promete muitas novidades para o público infantil, com homenagens a datas comemorativas bastante importantes. Todas as atividades são gratuitas e destinadas a grupos escolares previamente agendados junto ao setor de Educação do Museu Imperial.

Em comemoração ao Dia Internacional do Livro Infantil, nos dias 2 e 4 de abril, das 14h às 15h, a hora do conto será com o livro “Caio vai à biblioteca”, de Liesbet Slegers. Em seguida haverá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole. Com ilustrações divertidas o livro fala sobre um menino que adora livros e biblioteca. “Isso é ótimo, não é mesmo?”.

Das 14h às 15h, no dia 3, acontecerá a contação da história “Estamos no livro errado!”, de Rychard Byrne. Posteriormente haverá oficina criativa. A obra fala sobre a aventura de Bella e Beto que saem à procura de Bolota, que desapareceu do livro. A cada página, a dupla entra em um livro diferente, como livro de quadrinhos, de instruções, de erros. Será que eles encontrarão Bolota?

Já nos dias 9 e 11, das 14h às 15h, a obra a ser explorada será “Um porco vem morar aqui!”, de Claudia Fries. Em seguida a criançada será convidada à explorar livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole. Muitas pessoas, acham os ‘porcos sujos e bagunceiros’, imagina quando se tem um como vizinho? A Gabriela Galinha, Clóvis Coelho e Doutor Raposo, não gostaram! E culpam seu novo vizinho por tudo que acontece de errado. Mas quando vão visitá-lo são surpreendidos! O que será que aconteceu?

Das 14h às 15h, no dia 10 de abril, os pequenos leitores serão presenteados com a história do livro “Anita Malfati”, de Carla Caruso, em homenagem ao Dia Mundial do Desenhista. Posteriormente haverá oficina criativa. A obra faz parte da coleção “Crianças Famosas” que conta episódios da infância dos maiores músicos, pintores e escritores da História Universal, mostrando sua genialidade precoce.Livro Monteiro Lobato

Nos dias 16 e 18, das 14h às 15h, a hora do conto será com o livro “O mês de abril”, de Monteiro Lobato. Em seguida haverá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole. Abril é considerado o melhor mês de todos pela turma do Sítio do Picapau Amarelo. Foram os moradores desse sítio, criado por Monteiro Lobato, que inventaram um bom motivo para não fazer nada nesse período: as férias de lagarto! Trinta dias de puro descanso, sem nenhuma atividade ou agito. Nem pensar pode! Só vale ficar paradinho, cochilando, como um lagarto ao sol.

Coincidência ou não, o mês preferido da turma do Sítio é o do nascimento de Lobato, comemorado no dia 18 de abril de 1882, quando se festeja o Dia Nacional do Livro Infantil.

No dia 17, em homenagem ao Dia do Índio, será a vez do livro “Histórias encantadas indígenas”, de Ingrid Biesemeyer Bellinghausen, das 14h às 15h. Posteriormente, os pequenos serão convidados para uma oficina criativa. A obra pretende oferecer um resgate de algumas explicações fantásticas para ocorrências do universo indígena, as quais se originaram por meio de narrativas orais e se perpetuarem com o decorrer dos tempos. Reúne lendas de origem amazônica difundidas por tribos brasileiras, com mitos que apresentam inusitadas respostas para questões intrigantes.

           A “Páscoa no galinheiro”, de Eduardo Bakr, será lida no dia 24, das 14h às 15h. Em seguida será oferecida uma oficina criativa para a garotada. Mal acabara de ser posto, uma pergunta pairou no íntimo do Ovo - Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha? Especulações à parte, ele tinha um sonho, um desejo - o Ovo de galinha sonhava em se tornar um ovo de Páscoa. O que será que aconteceu?

Todo mundo sabe os benefícios da leitura na infância, além de proporcionar momentos divertidos, esse hábito colabora com o desenvolvimento dos pequenos. Com o objetivo de incentivar a literatura inclusiva, e celebrando o Dia Nacional da Educação de Surdos, a Biblioteca Rocambole realiza, no dia 25 de abril, das 14h30 às 15h30, uma tarde de contação de histórias infantis já conhecidas, só que, dessa vez, na Língua Brasileira de Sinais.

            Para fechar o mês, das 14h às 15h, a contação de história será do livro “Belinda a bailarina”, de Amy Young, em homenagem ao Dia Internacional da Dança. Belinda adorava dançar mais do que tudo na vida. Por isso, achou que ia se dar muito bem no concurso de balé. Acontece que Belinda tem um grande problema. Ou melhor, dois problemas. Quais serão os problemas? Será que Belinda consegue participar do concurso?